quarta-feira, 15 de junho de 2011

http://2.bp.blogspot.com/_H0YMbRSn56c/TIwyeEeD00I/AAAAAAAAABI/8DsEbDBJfCY/s1600/encanto.jpg
chora onde outros xingam;
quer, onde outros cansam;
espera, de onde já não vem;
sonha, entre realistas;
concretiza, entre sonhadores;
fala de leite em reunião de bêbados;
cria, onde o hábito rotiniza;
perde horas em coisas que só ele sabe importantes;
diz sempre na hora de calar;
cala sempre nas horas erradas;
fala de amor no meio da guerra;
deixa o adversário fazer o gol
porque gosta mais de jogar que de ganhar;
aprendeu a superar o riso,
o deboche,
o escárnio
e a consciência dolorosa de que a média é má
porque é igual;
vê mais longe do que o consenso;
sente antes dos demais começarem a perceber;
se emociona enquanto todos em torno agridem e gargalham.'


Artur da Távola

imagem para recado de Mini Gifs





imagem para recado de Mini Gifs

Eu e a Meirinha miga qe ganhei da Meiri ♥

sábado, 11 de junho de 2011

sábado, 4 de junho de 2011

Conselhos a uma viajante dolorida


http://4.bp.blogspot.com/-0BN74BNyCj0/TZulIGci9YI/AAAAAAAAAK4/LWhcSiKJpSg/s400/sad_anime_111.jpg
Querido mr. Miles: vou poupá-lo dos detalhes, mas tenho pouco mais de 30 anos, acabo de sair de uma relação longa, mas sem projetos, e estou disposta a começar a vida em algum outro lugar do mundo. Adoro viajar, mas não gosto de locais quentes e tenho medo ficar deprimida em invernos longos demais. O senhor tem alguma sugestão de lugar onde eu pudesse voltar a buscar a felicidade?
Jana Gomes Meirelles, por e-mail



"Well, my dear Jana: sou melhor como contador de histórias de viagem do que, I presume, como consultor sentimental. Mas sei, porque aprendi com o grande psicanalista e velejador Nelson Dienstag, que o caminho que você pretende trilhar raramente conduz a algum lugar específico ou a uma solução para suas angústias.

Você pode até esquecer as malas em casa e viajar apenas com a roupa do corpo, para evitar carregar consigo qualquer lembrança física da pessoa de cujas memórias quer (quer mesmo?) escapar. Você pode, of course, escolher mudar-se para o outro lado do mundo, onde sempre haverá uma cidade bonita na latitude que condiz com suas aspirações climáticas.

Mas há um item que embarcará na sua companhia, clandestino e indesejado. Ele estará, quiçá, em sua nécessaire, no bolso de seu jeans ou no forro de sua jaqueta, como um intruso indesejado. Você o verá nos lagos aos pés do Himalaia, nas muitas igrejas da Morávia, nos aromas da Provença ou nos girassóis da Andaluzia.

Trata-se da dor que a levou a viajar. I"m very sorry, my dear, mas ainda que sair mundo afora seja uma experiência enriquecedora, as grandes decepções sempre viajam conosco. Yes, darling, todas as coisas ganham a dimensão adequada quando estamos longe de nossas referências mais próximas. Eis por que os problemas comezinhos do dia a dia, pequenas cizânias de trabalho e frustrações do cotidiano desaparecem num passe de mágica quando saímos de férias para recuperar energias.


However, das dores da alma não se pode simplesmente escapar pelo finger de um aeroporto. Otherwise, a indústria química não ganharia rios de dinheiro criando pílulas que prometem a felicidade e, unfortunately, raramente a entregam.

Se eu fosse você, dear Jana, não carregaria a sua dor para, sobre ela, construir uma nova vida. Acho, até, que você pode levá-la para passear, para testar se a beleza de novas descobertas não a torna menos desagradável, ainda que seja assim apenas por alguns momentos.


Melhor ainda seria se você viajasse com uma pessoa amiga, para trocar impressões, fotos e sorrisos eventuais. O luto por alguém que deixou a sua vida (oh, my God, estou me tornando piegas!), tem o mesmo comportamento de um viajante. Deixa marcas, evoca lembranças. Mas é sempre passageiro.
Do you know what I mean?"



Retirei do blog www.odeporica.blogspot.com/2010_07_01_archive.html

Por Mais Que Eu Tente


e o vento sopra sem sentido
as estrelas podem me guiar
se eu não te tenho aqui comigo
quando eu sonho eu posso encontrar

Por mais que eu tente lhe dizer
o quanto eu sinto por você
como é possivel não saber
que eu te quero

Por mais que eu tente lhe dizer
o quanto eu sinto por você
como é possivel não saber
que eu te quero

A liberdade sempre andou comigo
nas esquinas de algum lugar
mas o meu lugar é estar contigo
eu não posso mais me controlar

Por mais que eu tente lhe dizer
o quanto eu sinto por você
como é possivel não saber
que eu te quero



Não importa se estou sozinho
eu não tenho como te esqueçer
vagando pelas ruas sem destino
se me perco me encontro em você

Por mais que eu tente lhe dizer
o quanto eu sinto por você
como é possivel não saber
que eu te quero

Por mais que eu tente lhe dizer
o quanto eu sinto por você
como é possivel não saber
que eu te quero

Vagabanda
Por Mais Que Eu Tente (Tema Letícia)
(
Alexandre Castilho, Alexandre de Faria, Victor Pozas)

sexta-feira, 3 de junho de 2011

Momentos♥


Primeiro Momento

Quantas vezes fechamos as portas de nossos corações por
medo?
Quantas vezes dizemos NÃO às mudanças?
Quantas vezes fechamos os olhos para não ver a
realidade?
Quantas vezes nos calamos com medo de dizer o que
precisava ser dito naquele momento tão especial?
Quantas vezes bloqueamos nossos sentimentos com medo de
amar?
Quantas vezes deixamos de ser quem somos somente para
agradar alguém que jamais o entenderá?
Quantas vezes... Quantas vezes mais poderá um ser humano
continuar nesta estrada,
cujo caminho ele nem mesmo sabe onde dará?

Segundo Momento

Quantas vezes agradeci a Deus as oportunidades que tive?
Quantas vezes mais agradecer?
Quantas vezes mais é preciso?
Quantas vezes mais desejo agradecer?

Terceiro Momento

Às vezes sentimos, porém não conseguimos expressar...
Às vezes choramos, mas não conseguimos demonstrar...


Nossos momentos

O passado proporcionou tantas maravilhas, que muitas
vezes
desejamos tê-las novamente.
Felizmente, cada momento tem seu próprio tempo e,
graças a Deus, não se repetem, pois a vida fica muito
mais bonita e alegre quando os momentos passados foram
originais e sinceros.
O presente nos proporciona grandes, médios e pequeninos
momentos;
porém, a quem competirá medir estes momentos será você
mesmo,
e deles aproveitar o máximo.
Cabe a você classificá-los, admirá-los ou apagá-los.
O futuro... estes são os momentos que mais vivem
em nossas mentes e corações.
As ansiedades pelo próximo dia,
a perspectiva pelas novas metas realizadas,
o beijo desejado, o sonho realizado.

Momentos da vida

Dos momentos passados, agradecemos as oportunidades,
guardamos a felicidade em nossos corações.
Para as tristezas fazemos uma prece,
aos sonhos realizados fechamos os olhos
e recordamos com alegrias cada segundo.
Enfim, dos momentos que se passaram
tentamos a cada momento guardá-los
e todas as vezes que recordarmos tentaremos olhar
com novas visões para nosso próprio crescimento,
pois são dos momentos que se passaram que tiramos
conclusões
do que faremos amanhã.
Do momento presente, a vida pede apenas para vivê-los
naquele instante,
e jamais tentar transferi-los ou senti-los no passado,
muito menos sofrer ansiosamente por momentos que virão.
Dos momentos futuros, desejá-los e pedir a Deus
que traga os melhores momentos para nossas vidas e
aguardá-los.
Cada um a seu tempo.
E lembre-se


"Viva o momento presente,
por que o ontem já passou
e o amanhã talvez não venha..."
Por isso viva cada momento intensamente,
como se fosse o último de sua vida...

Escrito por Kawany Amore


Amar é....


Amar é olhar para dentro de si mesmo, e dizer:
Eu quero
É viver intensamente
É sonhar com uma gota de realidade
e realizar uma gota desse sonho
É estar presente até na ausência.

Amar é ter em quem pensar
É razão que ninguém teria razão para nos tirar
É ser só de alguém e nunca deixar esse alguém só
É pensar em você tão alto a ponto de você escutar
Amar é ir até a morte
É acordar para a realidade do sonho
É vencer através do silêncio
É ser feliz até com um pouco quando muito não é bastante.

Amar é dar anistia ao seu coração
É sonhar o sonho de quem sonha com você
É sentir saudades
É chegar perto na distância.

Amar é a força da razão
É quando os momentos são eternos.

Amar é ser adulto e se sentir criança
É viver a vida em versos e ao inverso
É a maior experiência na vida de um homem...

Mas acima de tudo,
Amar é crer em Deus porque Deus é amor.
E você é tudo que um dia eu pedi pra mim.

Amar é...


Perguntas & Respostas Simples

O dia mais belo?
Hoje.

A coisa mais fácil?
Errar.

O maior obstáculo?
O medo.

O maior erro?
O Abandono.

A raiz de todos os males?
O egoísmo.

A distração mais bela?
O trabalho.

A pior derrota?
O desânimo.

Os melhores professores?
As crianças.

A primeira necessidade?
Comunicar-se.

O que mais lhe faz feliz?
Ser útil aos outros.

O maior mistério?
A morte.

O pior defeito?
O mau humor.

A pessoa mais perigosa?
A mentirosa.

O pior sentimento?
O rancor.

O presente mais belo?
O perdão.

O mais imprescindível?
O lar.

A rota mais rápida?
O caminho certo.

A sensação mais agradável?
A paz interior.

A protecção efetiva?
O sorriso.

O melhor remédio?
O optimismo.

A força mais potente do mundo?
A Fé.

As pessoas mais necessárias?
Os pais.

A mais bela de todas as coisas?
O amor


A bagagem de cada um...

Quando sua vida começa, você tem apenas uma mala pequenina de mão...
À medida que os anos vão passando, a bagagem vai aumentando porque existem muitas coisas que você recolhe pelo caminho, coisas que você pensa que são importantes...
A um determinado ponto do caminho, começa a ficar insuportável carregar tantas coisas; pesa demais...
Então, você pode escolher:
Ficar sentado a beira do caminho, esperando que alguém o ajude, o que é difícil, pois todos que passarem por ali já terão sua própria bagagem...
Você pode ficar a vida inteira esperando, até que seus dias acabem, ou pode aliviar o peso, esvaziar a mala.
Mas, o que tirar?
Você começa tirando tudo para fora...
Veja o que tem dentro:
Amor, amizade... Nossa!
Tem algo pesado... Você faz força para tirar...
Era a raiva - como ela pesa!
Aí, você começa a tirar, tirar e aparecem a incompreensão, o medo, o pessimismo...
Nesse momento, o desânimo quase te puxa pra dentro da mala.
Mas você puxa-o para fora com toda a força e, no fundo, aparece um sorriso, sufocado no fundo da bagagem...
Pula para fora outro sorriso e mais outro. E aí, sai a felicidade...
Então, você coloca as mãos dentro da mala de novo e tira pra fora a tristeza...
Agora, você vai ter que procurar a paciência dentro da mala, pois vai precisar bastante...
Procure então o resto: força, esperança, coragem, entusiasmo, equilíbrio, responsabilidade, tolerância e o bom e velho humor.
Tire a preocupação também.
Deixe-a de lado. Depois, você pensa o que fazer com ela...
Bem, sua bagagem está pronta para ser arrumada de novo.
Mas, pense bem o que vai colocar lá dentro de novo, hein?

Agora, é com você!
E não se esqueça de fazer isso mais vezes,
Pois o caminho é muito longo...

A melhor dieta para o corpo e a mente.

Café da manhã:
  • Adoçar com muitas gotas de agradecimento sincero e reverenciar à todos aqueles que nos proporcionaram tê-lo todas as manhãs à nossa mesa.
  • Depois do café, escove os dentes com alguns centímetros de alegria para provocar um sorriso permanente em seus lábios.
  • Carregue junto de si, a qualquer hora do dia, muito ar puro, pois ele é o "comprimido" mais forte e mais cheio de vida.
  • A qualquer sinal de tristeza ou contrariedade, respire profundamente.

  • Para o almoço:
    • Como aperitivo, um olhar de uma companhia agradável, mesmo que em silêncio.
    • Um carinho comum é rico em proteínas e sais minerais.
    • Você pode usar alimentos com bastante calorias, e por isso recomenda-se um caloroso e grande abraço, acompanhado de palavras bondosas, ricas em vitaminas A.M.O.e R !
    • De sobremesa :
    • Caminhe um pouco, inspirando com muito gosto as cores que a natureza oferece.

    • Para o jantar:
      • Um prato bem cheio das fantasias de uma criança feliz é o suficiente.
      • Depois do jantar, assistir a um bom filme, onde você é o ator principal e a história seja sobre o dia maravilhoso que passou, acrescentando porém uma pitadinha de cada coisa que pode fazer você melhorar ainda mais.
      • Antes de dormir, é imprescindível ganhar-se um longo beijo para ativar a circulação e relaxar o corpo.

    Durma então agora na expectativa de um grande sonho que deixe a mente em forma e o corpo ainda mais bonito e espere um sorriso seu...

    http://www.simoneautoajuda.com/gifs_site/alimentos/379365mf39xtz3mb.gif

    A Parte Mais Importante do Corpo


    Quando eu era muito jovem,
    minha mãe me perguntou qual era a parte mais importante do corpo.
    Eu achava que o som era muito importante para nós,
    seres humanos, então eu disse:
    - Minhas orelhas, mãe.
    - Não, disse ela.
    Muitas pessoas são surdas...
    Mas continue pensando sobre este assunto.
    Em outra oportunidade eu volto a lhe perguntar.
    Algum tempo se passou até que minha mãe perguntou outra vez.
    Eu havia pensado bastante e imaginava ter encontrado a resposta correta.
    Assim, desta vez eu lhe disse:
    - Mãe, a visão é muito importante para todos,
    então devem ser nossos olhos.
    Ela me olhou e disse:
    - Você está aprendendo rápido, mas a resposta ainda não está correta,
    porque há muitas pessoas que são cegas...
    Eu havia errado outra vez!
    Continuei minha busca por conhecimento ao longo do tempo.
    Minha mãe voltou ao assunto várias vezes,
    mas a cada resposta minha, ela retrucava:
    - Não... Mas você está ficando mais esperta a cada ano.
    Então, um dia, meu avô morreu.
    Todos estavam tristes. Todos choravam.
    Até mesmo meu pai, que eu nunca havia visto chorar.
    Minha mãe olhou para mim quando fui dar o meu adeus ao vovô,
    e me perguntou:
    - Você já sabe qual a parte do corpo mais importante?
    Fiquei um tanto chocada por ela me fazer
    a pergunta justamente naquele momento.
    Sempre achei que era apenas um jogo entre nos duas.
    - Hoje é o dia em que você necessita aprender esta importante lição,
    disse ela.
    Ela me olhou de um jeito que só uma mãe pode fazer e falou:
    - Minha querida, a parte do corpo mais importante são seus ombros.
    Intrigada, perguntei: - Porque eles sustentam minha cabeça?
    - Não, respondeu ela, é porque podem apoiar a cabeça de um amigo
    ou de alguém amado quando eles choram.
    Todos precisam de um ombro para chorar em algum momento de sua vida.
    Naquela ocasião eu descobri qual a parte do corpo mais importante.
    Descobri, também, a importância de ser "simpático" à dor dos outros.
    Porque, naquela hora, quem precisou de um ombro fui eu.
    - Espero que você tenha bastante amor e amigos,
    e que seus ombros estejam sempre à disposição quando alguém precisar
    - disse minha mãe.
    Sempre que recordo este fato, lembro da seguinte citação:
    "As pessoas esquecerão do que você disse...
    esquecerão do que você fez...
    mas as pessoas nunca esquecerão do que você as fez sentir."
    "Os bons amigos são como estrelas...
    você nem sempre as vê, mas sabe que sempre estão lá."

    JAMAIS DESISTA DE SER FELIZ


    Você pode ter defeitos, viver ansioso e ficar irritado, mas não se esqueça de que sua vida é a maior empresa do mundo. Só você pode evitar que ela vá à falência.
    Há muitas pessoas que precisam, admiram e torcem por você.
    Ser feliz não é ter um céu sem tempestades, caminhos sem acidentes, trabalhos sem fadigas, relacionamentos sem decepções.
    Ser feliz não é apenas valorizar o sorriso, mas refletir sobre a tristeza. Não é apenas comemorar o sucesso, mas aprender lições nos fracassos. Não é apenas ter júbilo nos aplausos, mas encontrar alegria no anonimato.
    Ser feliz é reconhecer que vale a pena viver a vida, apesar de todos os desafios, incompreensões e períodos de crise.
    Ser feliz não é uma fatalidade do destino, mas uma conquista de quem sabe viajar para dentro do seu próprio ser.
    Ser feliz é deixar de ser vítima dos problemas e se tornar um autor da própria história.
    É atravessar desertos fora de si, mas ser capaz de encontrar um oásis no recôndito da sua alma.
    É agradecer a cada manhã pelo milagre da vida.
    Ser feliz é não ter medo dos próprios sentimentos.
    É saber falar de si mesmo.
    É ter coragem para ouvir um "não".
    É ter segurança para receber uma crítica, mesmo que injusta.
    É beijar os filhos, curtir os pais e ter momentos poéticos com os amigos, mesmo que eles nos magoem.
    Ser feliz é deixar viver a criança livre, alegre e simples que mora dentro de cada um de nós.
    É ter maturidade para falar "eu errei".
    É ter ousadia para dizer "me perdoe".
    É ter sensibilidade para expressar "eu preciso de você".
    É ter capacidade de dizer "eu te amo".
    Desejo que a vida se torne um canteiro de oportunidades para você ser feliz...
    E, quando você errar o caminho, recomece tudo de novo.
    Pois assim você será cada vez mais apaixonado pela vida.
    E descobrirá que...
    Ser feliz não é ter uma vida perfeita.
    Mas usar as lágrimas para irrigar a tolerância.
    Usar as perdas para refinar a paciência.
    Usar as falhas para esculpir a serenidade.
    Usar os obstáculos para abrir as janelas da inteligência.
    Jamais desista de si mesmo.
    Jamais desista das pessoas que você ama.
    Jamais desista de ser feliz!

    VIVER NÃO DÓI (Carlos Drummond de Andrade)


    Definitivo, como tudo o que é simples.
    Nossa dor não advém das coisas vividas,
    mas das coisas que foram sonhadas
    e não se cumpriram.
    Por que sofremos
    tanto por amor?
    O certo seria a gente não sofrer,
    apenas agradecer por termos conhecido uma pessoa tão bacana, que gerou em nós
    um sentimento intenso
    e que nos fez companhia por um tempo razoável,
    um tempo feliz.
    Sofremos por quê?
    Porque automaticamente esquecemos
    o que foi desfrutado e passamos a sofrer pelas nossas projecções irrealizadas, por todas as cidades que gostaríamos
    de ter conhecido ao lado do nosso amor e não
    conhecemos, por todos os filhos que gostaríamos de ter tido
    juntos e não tivemos, por todos os shows e livros e silêncios
    que gostaríamos de ter compartilhado, e não compartilhamos
    Por todos os beijos cancelados,
    pela eternidade.
    Sofremos, não porque
    nosso trabalho é desgastante e paga pouco,
    mas por todas as horas livres
    que deixamos de ter para ir ao cinema,
    para conversar com um amigo,
    para nadar, para namorar.
    Sofremos, não porque nossa mãe
    é impaciente conosco,
    mas por todos os momentos em que
    poderíamos estar confidenciando a ela
    nossas mais profundas angústias
    se ela estivesse interessada
    em nos compreender.
    Sofremos, não porque nosso time perdeu,
    mas pela euforia sufocada.
    Sofremos não porque envelhecemos,
    mas porque o futuro está sendo
    confiscado de nós,
    impedindo assim que mil aventuras
    nos aconteçam,
    todas aquelas com as quais sonhamos e
    nunca chegamos a experimentar
    Como aliviar a dor do que não foi vivido?
    A resposta é simples como um verso:
    Se iludindo menos e vivendo mais!!!
    A cada dia que vivo,
    mais me convenço de que o
    desperdício da vida
    está no amor que não damos,
    nas forças que não usamos,
    na prudência egoísta que nada arrisca,
    e que, esquivando-se do sofrimento,
    faz perder também a felicidade.
    A dor é inevitável.
    O sofrimento é opcional.

    quinta-feira, 2 de junho de 2011

    WICCAS & BRUXAS - Arlete Funaro

    Talvez você Chico cesar


    Vento que move a cortina
    Me lembra você
    Luz de abajur
    E lá fora talvez luar
    Silêncio de amadurecer
    A fruta solta no ar
    Nenhum trim... ou trem ou som
    Que ouse soar
    O tempo parado, perdido, incolor
    Ocupa o desvão desse qualquer lugar
    Como se o que é de fato, não há
    De é melhor
    Ficar só
    Não sei
    Talvez
    Sair
    E alguém
    Me achar
    Talvez
    Você

    UBUNTU


    A jornalista e filósofa Lia Diskin, no Festival Mundial da Paz, em Floripa (2006), nos presenteou com um caso de uma tribo na África chamada Ubuntu.
    Ela contou que um antropólogo estava estudando os usos e costumes da tribo e, quando terminou seu trabalho, teve que esperar pelo transporte que o levaria até o aeroporto de volta pra casa. Sobrava muito tempo, mas ele não queria catequizar os membros da tribo; então, propôs uma brincadeira pras crianças, que achou ser inofensiva.

    Comprou uma porção de doces e guloseimas na cidade, botou tudo num cesto bem bonito com laço de fita e tudo e colocou debaixo de uma árvore. Aí ele chamou as crianças e combinou que quando ele dissesse "já!", elas deveriam sair correndo até o cesto, e a que chegasse primeiro ganharia todos os doces que estavam lá dentro.

    As crianças se posicionaram na linha demarcatória que ele desenhou no chão e esperaram pelo sinal combinado. Quando ele disse "Já!", instantaneamente todas as crianças se deram as mãos e saíram correndo em direção à árvore com o cesto. Chegando lá, começaram a distribuir os doces entre si e a comerem felizes.

    O antropólogo foi ao encontro delas e perguntou porque elas tinham ido todas juntas se uma só poderia ficar com tudo que havia no cesto e, assim, ganhar muito mais doces.

    Elas simplesmente responderam: "Ubuntu, tio. Como uma de nós poderia ficar feliz se todas as outras estivessem tristes?"

    Ele ficou desconcertado! Meses e meses trabalhando nisso, estudando a tribo, e ainda não havia compreendido, de verdade,a essência daquele povo. Ou jamais teria proposto uma competição, certo?

    Ubuntu significa: "Sou quem sou, porque somos todos nós!"

    Atente para o detalhe: porque SOMOS,
    não pelo que temos...
    UBUNTU PARA VOCÊ!